Seja otimista!

Como ser feliz mantendo o olhar frio e o sorriso escondido? Como ser feliz, e se revoltar e se queixar? É como sair às compras sem dinheiro ou ir pescar sem anzol. Reconheça ser preciso jogar para longe o que for tristeza, desamor, e o espírito de levar vantagem, e colocar no lugar deles o prazer de viver em paz. Para se ter a felicidade é importante deseja-la por inteiro, robusta e quente, sob forte esperança no amanhã, porque, se deseja-la fraca, ela por si mesma se inutiliza desde o principio. A mente não é feita somente para atrair dinheiro ou bens materiais. A mente também faz isso. Mas sua maior finalidade é a criação dos valores morais e da paz, de tal modo que chegam a se refletir na face e atrai simpatias e benefícios. Se você tem hábitos enraizados, se você tem comportamentos de longa data, pensamentos que se repetem e se sente insatisfeito(a)...disponha-se a mudar. Não fique repetindo o passado, parado no tempo, inerte. Faça alguma coisa, construa um mundo novo, limpo e arejado. Você tem capacidade para isso. Acredite em um futuro brilhante. Você pode ser feliz tanto quanto, ou o quanto mais quiser ser feliz. Faça um autoexame do que você é, do que você pensa, em como vem se tratando e em como trata as pessoas e o planeta. Medite sobre a sua realidade, sobre o que tem feito com seu tempo e de como tem se relacionado si mesmo(a) e com os outros. E a partir disto, vislumbre e desenhe um novo futuro. Se você der o máximo de si na edificação de um futuro melhor, com esperança, fé em si mesmo e fé em um Poder Superior já terá começado a mudar seu quadro atual e a começar a se sobrepor como criatura bem sucedida. Confia em seu deus interior. Jesus disse: “Vós sois deuses, e como deuses podem fazer o que eu faço e muito mais se tiverem, fé!” A melhor confiança, a melhor defesa é a fé em seu deus interior. Aceite as quedas e perdas da vida. Cair e perder faz parte de nossa caminhada. Mas quando cair ou perder levante-se e caminhe ainda que sentindo dores. Não existem méritos em ficar deitado para evitar-se cair. Mas levantar-se todas as vezes que se cai. Somente assim aprenderemos algo. Acredite também em seu pais. Grandes homens e mulheres sempre acreditaram em suas nações. Diante disto quando partiram para a pátria espiritual, deixaram com seus feitos e ideias o planeta um pouco melhor. Não se aceite atolado em falhas ou em “pecados". Deus que é fonte de tudo e de todos não enxerga nossos erros, mas a força que fazemos para conserta-los. Diante disto, acredite em Deus. Muitas doutrinas religiosas afirmam que o Pai Celestial, é o Deus do impossível. Diante disto quando cair ou desiludir-se com as pessoas, segure nas mãos Dele. Pois se Deus realiza coisas impossíveis, com certeza ele é capaz de fazer o impossível acontecer em sua vida. Acenda o fogo do otimismo. Explore o seu poder de luta e terá um grande futuro. Lembre-se: O fogo de um palito ou um incêndio em uma floresta começa sempre com uma pequena faísca.

Manoel João

quarta-feira, 21 de maio de 2014

CIÚME. VENENO EM QUALQUER RELACIONAMENTO


















Algumas vezes, sem que possamos perceber, cresce dentro da gente, a partir de um ressentimento ou de uma suposta rivalidade, o sentimento de ciúme. Isto oprime, desgasta, incomoda a harmonia e a saúde de nossos relacionamentos.


O ciúme é um sentimento inerente e até natural que todo mundo sente. Uns mais e outros menos. Mas que nos faz sentir incomodados com certas situações que anteriormente eram insignificantes, como, por exemplo, a atenção de um namorado(a), a beleza de uma amizade, o cuidado de um pai/mãe para com um filho, o sucesso profissional de um colega ou o reconhecimento de suas habilidades em determinada função, e etc. Uma insatisfação, aparentemente sem motivos, toma conta da pessoa que acredita, estar perdendo a atenção e o carinho, ainda que isso não seja verdade . E ai ta feito a coisa, ou seja, começa a disputa.
















Quando o ciúme toca os relacionamentos, seja esse relacionamento um namoro, casamento, amizade, trabalho e reconhecimento em equipe profissional, qualquer coisa pode ser motivo para alimentar um espírito de competição e de disputa. Com isso, a pessoa que antes era dócil, compreensiva e companheira, torna-se áspera, agressiva nas respostas e pouco solícita. Isto, certamente se não for controlado e cuidado, poderá destruir uma convivência que anteriormente era saudável. No entretanto, se questionado, o ciumento normalmente justifica seu comportamento com outras respostas do tipo: "Não é isso...eu to só cuidando", "Não é ciumes não, to apenas fazendo uma observação", e por ai vai. Mas a gente olha no rosto da pessoa e percebe que o rosto ta diferente, o olhar daquele jeito que só Deus na causa, e os lábios apertados e o bico aparecendo. Cada caso é um caso, mas dificilmente um ciumento assume e admite rapidinho que ta sentindo ciúmes.

Ao alcance dos tentáculos do ciúme poderá estar também as nossas famílias. Este quase invisível e sutil “micróbio” tentará se instalar, contaminar e matar a amizade que deveria ser eterna entre os parentes. Note bem, eu digo DEVERIA. Não é difícil se notar a disputa discreta ou as provocações que muitas vezes também não são tão discretas assim, mas se analisarmos são totalmente sem sentido, entre os irmãos e casais por coisas tão sem importância. Eu penso, e novamente eu repito que cada caso é um caso, mas, que tal sentimento poderá surgir quando a pessoa envolvida por um medo equivocado, acredita ser menos amada, ou não ter a mesma preferência de antes ou então, suspeita da possibilidade de ser privada daquilo que valoriza profundamente. Vamos la: Quem nunca fulminou com o olhar o irmão/irmã, por que o pai/mãe elogiou ou deu algo e a gente não ouviu ou ganhou?

Algumas situações poderão se tornar agudas e porque não dizer também crônicas quando, em meio a todas as supostas verdades, pois até que se prove o contrário, permanece a suposição, se encontra a desconfiança da honestidade de quem amamos. O ciume, trabalhando na nossa imaginação, e se não tomarmos cuidado, faz criar situações que não existem. Deduzimos coisas que vemos apenas nos filmes projetados na tela da nossa mente. E pra não gerar confusão, eu digo novamente que cada caso é um caso, e até que se prove o contrário, existe somente a suposição.

Infelizmente, por tais e tais atitudes, fica instalada em nossos relacionamentos a grande sombra da inquietação, potencializada pela insegurança que insistirá em assombrar a nossa paz de espírito. Outras pessoas, mergulhadas em suas convicções ou tomadas pelo pavor de experimentar o suposto abandono, chegam ao limite de privar a quem se ama do direito da da liberdade e a gente sabe pelos noticiários, ou radio vizinhança, que em alguns casos, priva até do direito de vida.


























O amor, o companheirismo, a amizade sincera traz a cumplicidade e o compromisso pela felicidade mútua. Note bem, sentir, em alguns momentos, uma pequena dose de ciúmes, é até normal. faz parte de nossa condição humana. Mas é muito natural também, ou pelo menos deveria ser, aprender a lidar com as nossas inseguranças. À medida que vamos conquistando a autoconfiança, o respeito pelo espaço do outro, aprendendo a saber que o direito nosso termina aonde começa o do outro e vice e versa, estaremos também cultivando a saúde dos nossos relacionamentos. E o que é melhor, estamos aprendendo a cultivar primeiramente a saúde física, mental e emocional em nós.


Todo aquele que se dispõe a amar e a viver um bom relacionamento, zela pelos cuidados necessários para que seja sadia, a convivência com a pessoa amada. E isso não faz do outro objeto de posse. Por mais que gostemos, que valorizemos, que amemos a pessoa ao nosso lado, não temos jamais, o direito de se apossar da liberdade alheia. E muito menos permitir que alguém se aposse de nossa própria liberdade.


15 comentários:

  1. Boa tarde, Manoel. Tudo o que eu li aqui vem de encontro ao que eu penso.
    Acredito que temos ciúmes quando nos sentimos em posição inferior ao outro seja em que sentido for, e quando o mesmo na nossa mente nos incomoda, por na realidade nos diminuirmos ou acharmos que determinadas atitudes de alguém em relação a quem temos ciúmes, deveria ser colocada para nós.Um ciúme em doses pequenas na vida a dois, não vejo tão ruim assim,mas de fato, não é puramente inocente, isso engana, ele não é um anjo, e sim um disfarce.
    O que chama a minha atenção é quando o ciúme vira falta de controle, seja na voz, elevando-a, tomando decisões sem pensar, apenas movidos por uma ira que nos consome.
    Esse ciúme MATA, literalmente. Ele tanto tira a vida física em muitas situações, como leva à agressões verbais e físicas, prejudicando todo o lado emocional.
    Portanto, tudo o que aqui foi escrito, eu endosso.
    Não tenho mais nada a acrescentar, está claro demais este artigo.
    Parabéns!
    Autoestima é fundamental, quem tem ciúmes em demasia, não se ama, isso, para mim, é fato.
    Tenha um excelente fim de semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Patrícia. É muito correto o que vc comenta. Realmente, é como vc e comentamos. O ciume é uma coisa normal e até natural no ser humano. Mas em doses pequenas, e com um toque de humor, é até saudável e porque não dizer chega a ser até um tempero nas relações. Mas quando começa a ser doentio, controlador, impulsivo, desagrega e acaba com qualquer coisa. Muitos dizem que ter ciumes é prova de amor. Eu questiono isso, pois quem de fato nutre um sentimento elevado pelo outro, quer vê-lo feliz e consequentemente estar feliz também. Mas o grande impacto que o ciumes doentio, o ciumes controlador, o ciumes obsessivo causa, é que quem navega por estas emoções doentias, quer a felicidade do outro pela ótica e maneira que ele acha que tem que a ser a felicidade. E ai amiga...é como eu cito no texto até de maneira humorada. Só Deus na causa! Tenha uma ótima semana. Bjs na alma.

      Excluir
  2. Tem vários níveis de ciúmes.
    Alguns são perigosos.
    Abraço,.

    ResponderExcluir
  3. Menino esse texto é ótimo!
    Parabéns.Acho que só o título já bastaria.(VENENO EM QUALQUER RELACIONAMENTO)Nunca passei por isso, quem me conhece assim como as filhas dizem que ñ tenho coração, a outra diz que é de pedra.
    Eu ñ acho nem um nem outro, só acho que ciúme ñ esta com nada e em qualquer relacionamento. Principalmente o ciúme obsessivo não é nada bom, é bastante comum acabar o relacionamento.Parece que estamos preso a pessoa.Incomoda totalmente,e chega uma hora que o relacionamento não irá dar mais certo, pena que as pessoas só caem na real depois que acaba.É muito importante controlar o ciúme, pois ele pode destruir qualquer relacionamento, por melhor que seja.tudo em excesso é prejudicial e pode fazer a pessoa fazer loucuras sem pensar nas consequências. Tudo na vida deve ser bem dosado, talvez até mesmo a minha falta de ciúmes rsrs.
    Mas sabe eu sempre confio, e relacionamento sem confiança não resiste mesmo, u tenho esses versos desde de adolescente.Amo a liberdade, por isso deixo livre tudo que tenho... Se voltar é por que conquistei, é porque nunca possuí! E a liberdade para mim é tuuudoooo!!
    Bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Celia. Tudo que vc comenta eu concordo e apoio. de fato, tudo que é em excesso estraga e faz mal. E no caso do ciumes, atrapalha sim o relacionamento e chega um momento que o término é inevitável. Grato pelo comentário e pelo elogio. Bjssss

      Excluir
  4. Manoel, falar sobre o Ciúme, nos parece fácil, portanto é dificílimo falar sobre um sentimento que às vezes se torna arma de morte.Toda pessoa ciumenta, com certeza sente muita insegurança e que deve ser tratada por profissionais. Gostei muito do seu espaço, voltarei para ler mais. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Marli, falar é fácil. Administrar este sentimento, e assumir que se tem de maneira excessiva ou mórbida ai é difícil sim. mais difícil ainda é que assumir estar neste nível de ciume, e a pessoa aceitar tratar-se. Pois de fato, neste estado mental e emocional cujo ciumento ao extremo se encontra, somente com ajuda profissional é que se consegue sair, pois alem do ciumes, existe toda uma série de emoções conturbadas junto. Muito obrigado pelos elogios e pelo carinho. Volta sim, e será sempre bem vinda. Um grande abraço a vc.

      Excluir
  5. I really love your website.. Excellent colors & theme.
    Did you develop this website yourself? Please reply back as I'm looking to create my very own blog and would love to know where you got
    this from or just what the theme is called. Cheers!


    Here is my web blog: geometry dash 1.60 apk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you for your comment and praise. I set up my blog from my imagination, and the themes it contains refer to health, wellness and quality of life in every way. Be semprebem come to my blog.

      Excluir
  6. I've learn some good stuff here. Definitely value bookmarking for revisiting.
    I surprise how much effort you place to make this sort of magnificent informative site.


    Also visit my webpage Taruhan Bola

    ResponderExcluir
  7. OI MANOEL!
    REALMENTE O CIUME É UM VENENO E MATA, SE NÃO AO ALVO DESTE SENTIMENTO, AO MENOS O AMOR SIM, MORRE.
    ÓTIMO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdadeiramente Zilani mata qualquer relacionamento. Muito obrigado e grato pela visita. Abraços.

      Excluir
  8. O blog está extraordinário Manoel, Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Eliene. Grato pela visita.

      Excluir