Seja otimista!

Como ser feliz mantendo o olhar frio e o sorriso escondido? Como ser feliz, e se revoltar e se queixar? É como sair às compras sem dinheiro ou ir pescar sem anzol. Reconheça ser preciso jogar para longe o que for tristeza, desamor, e o espírito de levar vantagem, e colocar no lugar deles o prazer de viver em paz. Para se ter a felicidade é importante deseja-la por inteiro, robusta e quente, sob forte esperança no amanhã, porque, se deseja-la fraca, ela por si mesma se inutiliza desde o principio. A mente não é feita somente para atrair dinheiro ou bens materiais. A mente também faz isso. Mas sua maior finalidade é a criação dos valores morais e da paz, de tal modo que chegam a se refletir na face e atrai simpatias e benefícios. Se você tem hábitos enraizados, se você tem comportamentos de longa data, pensamentos que se repetem e se sente insatisfeito(a)...disponha-se a mudar. Não fique repetindo o passado, parado no tempo, inerte. Faça alguma coisa, construa um mundo novo, limpo e arejado. Você tem capacidade para isso. Acredite em um futuro brilhante. Você pode ser feliz tanto quanto, ou o quanto mais quiser ser feliz. Faça um autoexame do que você é, do que você pensa, em como vem se tratando e em como trata as pessoas e o planeta. Medite sobre a sua realidade, sobre o que tem feito com seu tempo e de como tem se relacionado si mesmo(a) e com os outros. E a partir disto, vislumbre e desenhe um novo futuro. Se você der o máximo de si na edificação de um futuro melhor, com esperança, fé em si mesmo e fé em um Poder Superior já terá começado a mudar seu quadro atual e a começar a se sobrepor como criatura bem sucedida. Confia em seu deus interior. Jesus disse: “Vós sois deuses, e como deuses podem fazer o que eu faço e muito mais se tiverem, fé!” A melhor confiança, a melhor defesa é a fé em seu deus interior. Aceite as quedas e perdas da vida. Cair e perder faz parte de nossa caminhada. Mas quando cair ou perder levante-se e caminhe ainda que sentindo dores. Não existem méritos em ficar deitado para evitar-se cair. Mas levantar-se todas as vezes que se cai. Somente assim aprenderemos algo. Acredite também em seu pais. Grandes homens e mulheres sempre acreditaram em suas nações. Diante disto quando partiram para a pátria espiritual, deixaram com seus feitos e ideias o planeta um pouco melhor. Não se aceite atolado em falhas ou em “pecados". Deus que é fonte de tudo e de todos não enxerga nossos erros, mas a força que fazemos para conserta-los. Diante disto, acredite em Deus. Muitas doutrinas religiosas afirmam que o Pai Celestial, é o Deus do impossível. Diante disto quando cair ou desiludir-se com as pessoas, segure nas mãos Dele. Pois se Deus realiza coisas impossíveis, com certeza ele é capaz de fazer o impossível acontecer em sua vida. Acenda o fogo do otimismo. Explore o seu poder de luta e terá um grande futuro. Lembre-se: O fogo de um palito ou um incêndio em uma floresta começa sempre com uma pequena faísca.

Manoel João

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

AMADURECER

Boa noite amigos...
O que vem a ser amadurecer? 
Penso eu, que amadurecer significa separar de forma mais nítida, e também ligar de forma mais íntima, tudo o que é óbvio, daquilo tudo que nos faz um bem maior. A capacidade que a gente tem de olhar no olho, de agradecer, de dialogar, de criticar com sensibilidade, e de não criticar mas exercer a compaixão e a empatia. De ter coragem, mas também ter uma dose de medo na porção certa. Amadurecer, é não calcular e nem muito menos contar. Amadurecer, é ser como uma árvore que não apressa a seiva e permanece confiante durante a tempestade da primavera, sem ter o medo de que o verão não possa vir depois. Mas ele, o verão...vem apesar de tudo. A gente não amadurece por causa de comemorar um aniversário. A gente amadurece ao chorar uma noite inteira e acordar sorrindo e de alma leve como pluma solta ao sabor da brisa matinal. Mas também amadurecemos, quando durante a noite, a tempestade é forte e aterradora, e ainda assim, temos sorriso nos lábios e coragem na alma, sabendo que o amanhecer sempre vem ao sabor do novo dia ensolarado! Começamos a amadurecer quando rimos de algo que nos fez chorar. O tempo ensina, o tempo cansa, o tempo amadurece as idéias, sentimentos, ameniza dores, esfria e aquece emoções, cria expectativas, e as vezes estressa... mas é fato: O tempo não espera, ele passa, exatamente como diz a música: O tempo não para!. Não vamos ficar esperando pelos outros, procuremos sincronizar o que nos faz bem com as pessoas e com tudo que está no nosso tempo. O tempo já traz consigo todas as perdas que acumulamos ao longo da vida. Sendo assim, não percamos mais tempo em não viver. Quando nascemos, já começamos a morrer milimetricamente um pouco de cada vez. Que a gente saiba valorizar cada momento, porque todo mundo já está automaticamente em extinção. Chegou a hora de crescer, amadurecer e se dar conta de que a vida não espera por nós. A vida tem um ritmo, e eu, você, nós, não podemos ficar sentados com a boca escancarada e cheia de dentes e vê-la passar, mas, podemos sorrir pra ela e deixar-se levar em uma linda e maravilhosa dança, no ritmo da melodia da vida. E que melodia linda é esta música! Meus amigos e amigas...vivamos cada segundo como se fosse o último. Até porque, não sabemos em que momento a campainha de chamada para a grande viagem vai soar. Não vamos parar por causa dos momentos difíceis. Carlos Drummond De Andrade já dizia: Dor é inevitável...sofrimento é opcional. E estas duas alavancas vão nos ajudar a entender, e cumprir nossa missão, que é a de ser feliz...e fazer feliz. Chegou a hora de pensarmos um pouco mais nos outros, de sonhar, perdoar, e deixar nosso ego para trás. A vida tem um ritmo, mas ela não tem mapa. Podemos direcionar a vida a até certo ponto, mas jamais controla-la. Apenas sejamos pacientes e sigamos o ritmo do coração. Mas vivamos cada segundo! Só existe um de cada um de nós. Sendo assim, ninguém pode ser substituído. Cada um de nós, deixará sua marca na história da humanidade e na vida de alguém. Todos nós, somos únicos! Que a gente saiba cuidar muito bem disso. Que as marcas deixadas por nós, sejam marcas que valham a pena serem lembradas. Pode não parecer, mas mudar e amadurecer são duas coisas bastante diferentes.
Manoel João

video